25 de julho de 2007

Memorabilia e Autógrafos

Não gosto de coleccionar coisas, dá muito trabalho e perde-se muito tempo. No entanto, tenho um pequeno espólio de autógrafos:
Saramago , vários, todos "chapa 3" (quem não tem?)
João de Melo (nos devaneios de leituras adolescentes)
Alberto Pimenta (um dos meus mestres que me ofereceu vários livros com dedicatórias personalizadas)
Yvette Centeno (outra Mestre que me dedicou tempo e palavras)
Mia Couto, que conheci e me fez uma dedicatória, também personalizada, na Varanda do Frangipani (mordam-se de inveja, mulheres do mundo!)
Outros autores e cantores menos visíveis.
De Memorabilia:
Um poema inédito de Yvette Centeno, escrito numa folha A4 de papel quadriculado, que comprei num leilão.
E tenho (embora não saiba exactamente onde pára) uma camisa do Shéu autografada pelo próprio no ano em que o Benfica ganhou o Campeonato e a Taça! (Tomem lá, que por esta é que ninguém esperava!)
Continuo a sonhar ter um autógrafo do Tàpies (de preferência sobre tela)
Não tive paciência para esperar numa fila interminável por um autógrafo "standard" do Auster.
Ainda não tenho um autógrafo do Lobo Antunes (estive mesmo, quase, quase, mas a timidez, que teima em perseguir-me nos piores momentos, impediu-me de o maçar com trivialidades mundanas!)
Gostava de ter um autógrafo do Harold Pinter (enquanto ainda respira.)
E pronto já chega de gabarolice: é pouca coisa, mas para mim não é coisa pouca!

7 comentários:

Se Faz Favor disse...

Quem são estes teus amigos??...

Cuga disse...

Amigos, eu? Quais amigos? As pessoas (se é que as posso designar por esse nome) só se aproximam de mim por interesse ou para realizarem estudos obscuros sobre a mente humana... A tua sorte sff é não me conheceres. (E se calhar eu não existo)

Kinder disse...

Eu estou a vender dois autografos do Auster e metade de um do Pinter. Troco pela camisa do Shéu.

Cuga disse...

Qual é a metade do Pinter? É o "Pin" ou o "ter"? Só há negócio depois de ver os artigos e measseverar da autenticidade!

Mak, o Mau disse...

N tenho autógrafos, da maneira que isto anda, o que rende é ter amostras de ADN para mostrar aos amigos...

Cuga disse...

Mak: Acabas de inventar a melhor frase de engate do ano. Em vez de perguntar à rapariga que se cobiça platonicamente e que parece ser inteligente e culta: "Olha o não sei quantos vem cá, vamos à sessão de autógrafos?" diz-se "Olha não queres ir almoçar ao sítio onde o não sei quantos almoça? No final pegamos no kit CSI (disponível em qualquer bazar chinês de qualidade) e sacamos-lhe o ADN!

Kinder disse...

Bolas, lembra-me para não sair contigo.