13 de dezembro de 2007

Reform Treaty/ Lisbon Treaty/ Lisbon Reform Treaty


Hoje, em Belém, de Lisboa, Portugal (não da Judeia, actual Israel, pois a época do ano presta-se a mal-entendidos) 26 estados-membros assinaram o Reform Treaty. Porém, o "nosso" Primeiro Ministro apostou na diferença e, graças às boas notas e aos profundos conhecimentos que adquiriu nas suas aulas de ESP CE (English for Specific Purposes for Civil Engineering), assinou um Lisbon Treaty. (Este já é o sétimo tratado, ao longo da história, a ser baptizado com este nome: No primeiro , assinado em 1688, colocámos um fim ao reinado Filipino...) Umas horas depois o PCP, imbuído do espírito natalício e solidário que caracteriza os ateus, quis partilhar com o povo a ratificação desse tratado, através da solicitação imediata de um referendo. E agora, pergunto eu, qual vai ser a pergunta:

Concorda com o Tratado Reformador?

ou

Concorda com o Tratado de Lisboa?

ou

Concorda com o Tratado Reformador de Lisboa?


O povo assim fica confuso e mais uma vez prefere passar o dia a tirar borbotos das peúgas e das camisolas de angorá a ir votar!

1 comentário:

Mak, o Mau disse...

Seja como for, vou sentir-me mal-tratado de qualquer maneira...