3 de setembro de 2006

Back to Silence after the Siesta!




E pronto!
Assim se acaba mais uma quinzena estival. Volto ao silêncio depois do ruído espanhol que me retempera a mente e me grita que um dia ainda vamos todos ser felizes.
A Andaluzia tem em mim o efeito de uma estada num mosteiro no Tibete!
Parece estranho mas eu explico: Para pessoas intransigentes, organizadas e excessivamente pragmáticas nada melhor que duas semanas alucinantes, a consumir doses massivas de betacaroteno (no gaspacho) e a tentar manter a calma enquanto todos à nossa volta chegam à praia às 12 horas, com os recém-nascidos ao colo, confiantes que o factor 99 de protecção irá evitar os lunares malignos!
Fingir que não vejo que ninguém recicla, que se entopem as crianças, adolescentes e adultos de fritos e guloseimas, a partir das 11 da manhã, e que à noite basta um bocadillo para enganar a fome!
Fingir que não sinto o perfume excessivo que me ataca as fossas supra-nasais - na proporção dos frascos de 3 litros do mesmo que se vende nos supermercados, onde o IVA é substancialmente menor que o nosso!
Volto com muito mais condescendência pelo senhor de bigode e óculos ray ban lágrima (antes de serem fashion) que abre a janela do seu Mégane e oferece o escarro ao asfalto, pelas crianças que comem chupas desvairadamente, sob o olhar babado dos progenitores, e pelos pais de família que dizem ao empregado - "Oh chefe é a bica e a dolorosa, que o jogo está quase a começar!" - mientras extraem, pelo poder do palito, os restos de coirato com cadelinhas que ficaram atravancados na prótese.
É por isto tudo (e pelos toiros e pelo flamenco e pelas procissões) que a Andaluzia me encanta na silly season e na Semana Santa e é para fugir ao silêncio e à ordem que duas vezes no ano volto para a reciclagem no caos, para me lembrar que ser cosmopolita, falar baixo, ouvir os outros e separar o lixo é bom, mas que também se aprende com la fiesta y la siesta!

4 comentários:

Kat disse...

Isso passa-te depressa, vais ver...

Cuga disse...

E não é que já passou? Basta ver que a devolução do IRS não chegou para desejar ir à Repartição de Finanças mais próxima e partir tudo! O efeito do betacaroteno deve estar a acabar, é o que é...

Kinder Surpresa disse...

Olha, isto esteve-se cá muito bem sem ti. Não senti nada a tua falta. Já sinto saudades da tua próxima viagem à Andaluzia.

Cuga disse...

Isso só prova que és um ser inteligente e que compreendeste que o silêncio é a chave para se visitar este blog. Bem hajas pela tua perspicácia, Kinde! E sim, é verdade, quando leio comentários como o teu, fico com vontade de voltar para España, pois até os insultos soam melhor em espanhol(têm outra musicalidade!)Agora vai em paz, volta lá para o teu bloguinho que já lá te deixei uns recados.