26 de setembro de 2007

Médicos, canalizadores, cabeleireiros e mecânicos

O que é que têm em comum estas pessoas? Deixam-nos pendurados à espera e depois cobram-nos uma exorbitância: 70 € para ver por que razão a máquina da roupa faz barulho, 80€ para ver se a criança tem os pés direitos, 120€ para mudar a bateria, 55€ para arranjar a torneira do autoclismo, 120€ para um alisamento térmico... e, no entretanto, esperamos o tempo que for necessário. Dizem às 14 e aparecem às 17 com um ar enfadado, porque já deveriam estar debaixo da palmeira a beber um gin! A marcação é para as 15 e às 16h 30 a assistente vem dizer que o doutor (médico ou cabeleireiro) está um bocadinho atrasado...
Também há excepções, mas a regra diz que para arranjar corpo, carro ou electrodomésticos é preciso esperar!
(São todos doutores é o que é!)

3 comentários:

Ouriço disse...

Nem tu imaginas a utilidade que este post vai ter para mim...

Kinder disse...

Por isso mais vale ter mãozinhas e fazer tudo sozinho. Primeiro porque mesmo que o trabalho fique mal feito, fomos nós que o fizémos e até pode ser assunto para piadas nos jantares. Se pagares a alguém sempre choras o dinheiro perdido. Depois, sempre se poupam uns cobres para gastar em futilidades como livros.

Se Faz Favor disse...

Neste caso, quem espera sempre é tansa!