11 de setembro de 2007

Lobotomias plásticas

Devia haver spas de neurocirurgia - As Lobotomias à tristeza, auto-comiseração, mau-humor e pedantismo fazem tanta falta como as lipoaspirações e as dietas.

7 comentários:

Luisa Seabra disse...

Tal e qual... eu já tentei sugerir um laxante cerebral, mas até agora a ideia não pegou... conheces algum investigador científico disposto a explorar essa ideia?

Cuga disse...

Não Luísa, não conheço. Mas estou com esperança que o João Lobo Antunes visite este blog (tendo em conta o número de vezes que falo no irmão)e fique a pensar no assunto. Também gostei do laxante, mas acho que se fosse comercializado o país não tinha espaço para tanta m**da! Até que era poético o país mais ocidental da europa transformado num mar de m**da!

Mak, o Mau disse...

Laxante cerebral já existe, chama-se produções nacionais para televisão...

Qt a spa de neurocirurgia, prefiro uma mezinha tradicional para incovenientes: paulada na cabeça é o seu nome. Os efeitos são imprevisíveis, mas não tem aquela carga tiazorra que o termo spa implica...

Ouriço disse...

Chamem Egas Moniz depressa!
Ele ía adorar a ideia, de certeza. Andam a querer retirar-lhe postumamente o Nobel, por isso ele ía precisar de ganhar a vidinha...

Kinder disse...

Desculpem lá, mas isto de que falam não tem o confuso e complexo termo científico de PSIQUIATRIA?

Ouriço disse...

Também...

Cuga disse...

@Kinder: A psiquiatria é como ir ao Póvoas ou a outro nutricionista para perder peso: Perde-se com calma, ao longo de um ano, (dependendo do caso) e depois faz-se manutenção para o resto da vida. A Lobotomia é como a Lipo: Vais lá e tens direito a começar de novo: A partir daí toda a porcaria que metas no corpo ou na mente são da tua responsabilidade. Diria que é um cartão "vá até ao Rossio se passar pela casa partida receba os Euros correspondentes" (a minha versão só tem 2000 escudos!!!)