21 de dezembro de 2006

Os Jantares, os almoços, os lanches, os brunchs, as ceias

Tudo isto nos dá o Natal... com a família, os compadres, os amigos, a empresa, os vizinhos do lado, os da frente, os de cima, os do ginásio, os da terapia anónima, os da solidariedade, os da palhaçada e todos os mais ou menos conhecidos ou nem por isso...
Será que podíamos dar a volta à tradição e estarmos à mesa sem ser para comer - para jogar um dominó ou umas cartas, por exemplo. Não ficávamos de boca cheia e era mais limpinho!
Será que, em Portugal, podemos receber amigos em casa sem "comes & bebes"?

9 comentários:

Ouriço disse...

Subscrevo. Organiza um abaixo assinado. Estou contigo....

Cuga disse...

Jogas King? Canasta? Bridge? Crapeau? Dominó belga?

Ouriço disse...

Tudo menos Monopólio! Isso é que não....

Kinder Surpresa disse...

Eu recebo amigos lá em casa sem comes e bebes. Até porque tu sabes que eu nem sequer mesa de jantar tenho.

Cuga disse...

Sim, está bem, mas toda a gente sabe que tu não vives em Portugal... Só numa galáxia longínqua é que: portas + cavaletes = mesa

Kinder Surpresa disse...

Ora aí está a grande diferença que nos separa. É que há quem lhe chame "criatividade".

Cuga disse...

Portugal não é criativo a esse nível. Gosta mais de ser criativo na evasão fiscal, na detecção de radares da GNR, na forma de ganhar umas borlas... mas nunca com a "mobília": Essa compra-se completa e paga-se a 24 meses!
PS Os carteiros também são mto criativos: O meu acaba de dobrar um postal A3 bastante valioso, só para não me fazer ir à estação levantá-lo em boas condições!

O Pai disse...

Nem um monopólio ?????

Kinder disse...

Bolas.... (em relação ao postal). Fica para a próxima.