7 de novembro de 2006

Obsessões

Recentemente foi-me diagnosticado um mal de que padeço há muitos anos, de forma crónica, ainda que sem uma sintomatologia evidente. Nestas coisas dizem-me que é fundamental assumir a diferença, por isso aqui estou, em estreia absoluta, para todos os que quiserem ler:

EU SOFRO DE OBSESSÃO CRONOMÉTRICA!

Resta-me agradecer o “elogio” a quem o teceu, dizer que não faço tenções de recuperar o tempo perdido e sugerir a todos que acrescentem um Patek Philippe à minha wishlist de Natal!