31 de julho de 2006

Silêncios que incomodam

É nos momentos de insónia
Que mais procuramos as palavras

3 comentários:

Kinder Surpresa disse...

E sempre que oico as tuas palavras, gostava de escutar o silencio. Toma que ja almocaste!

Cuga disse...

Caro Kinder
Agradeço o teu esforço e dedicação, tentando espevitar a vida moribunda e silenciosa que alimenta este blog. Tu, um autor comentado até à exaustão, és uma presença que prestigia este silêncio.
Aproveito para dizer que o meu silêncio está, neste momento, direccionado para o "É a Vida" onde iniciei uma greve de silêncio de uma semana. Se quiseres sentir a minha ausência é só clicares no teu "homeblog", que não me encontrarás lá.

Kinder Surpresa disse...

Finalmente, silencio.