6 de julho de 2006

Ossos do Ofício





"Cientistas vão abrir hoje em Coimbra o túmulo do primeiro rei de Portugal", noticia "O Público". A questão maior, parece prender-se com a estatura do rei fundador. (1,60; 1,70; 1,80, dependendo das fontes). Espera-se que a investigação dos ossos ponha termo à contenda. De qualquer forma, já sabemos que o D. Afonso foi um grande rei... Fica a lembrança:

Pai, foste cavaleiro.
Hoje a vigília é nossa.
Dá-nos o exemplo inteiro
E a tua inteira força!

Dá, contra a hora em que, errada,
Novos infiéis vençam,
A bênção como espada,
A espada como bênção!

Fernando Pessoa, "D. Afonso Henriques" in: A Mensagem

3 comentários:

Cuga disse...

RIP (REST IN PEACE)
Falso alarme!!! O Pai da nação continua enterrado... Aguardam-se notícias.

Kinder Surpresa disse...

Bolas, e agora o que digo aos meus amigos? Sempre defendi que o ADN português, na sua génese só cria gente pequenina. Só faltava a prova. Essa está lá, embora enterrada.

Reinu disse...

Porra não percebi nada do poema!
Mas da notícia percebi que querem desenterrar um cota qualquer e tá mal.